Itapecerica da Serra

Lideranças do PSB se unem na região visando eleições 2018

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) realizou no último sábado, dia 2, o primeiro encontro regional do ano. De olho nas eleições de 2018, os líderes do partido nas cidades da região propuseram uma união para buscar eleger representantes que sejam dos municípios do Conisud. Além disso, o PSB espera anunciar em breve a candidatura de Márcio França ao governo do estado.

O evento reuniu centenas de militantes na Câmara Municipal de Embu das Artes. Lideranças do partido das oito cidades da região estiveram presentes, muitos nomes, como do ex-prefeito de Taboão da Serra Evilásio Farias, defenderam a candidatura de Márcio França como governador.

Apesar da empolgação dos correligionários com a candidatura, Márcio França não compareceu ao evento, frustrando um pouco a festa. O nome do vereador Hugo Prado, presidente da Câmara de Embu das Artes, foi lançado como candidato a deputado estadual, bem como o ex-prefeito de Cotia, Quinzinho, que sairá candidato a deputado federal pelo partido.

Hugo Prado disse no fim do evento que apesar de ter seu nome lançado pelo partido ainda aguarda para falar como candidato, ou pré-candidato, como frisou mais de uma vez. “Não esperava que fossem abordar isso hoje, me pegou até de surpresa, mas coloco meu nome a disposição do partido, se eles acharem que posso contribuir, estou pronto para cumprir essa jornada”.

O vereador também lembrou a importância da região sudoeste da Grande São Paulo no cenário político. “Somos quase um milhão e oitocentos mil habitantes, temos muitos desafios pela frente, a região precisa de representantes que olhem por nossas cidades”. Ao se questionado se sua candidatura iria de encontro com a de Geraldo Cruz (PT), Hugo disse que são duas propostas diferentes.

Evilásio Farias será o coordenador regional do partido nas eleições do próximo ano. Caso a candidatura de Márcio França se concretize, ele será uma das peças mais importantes na região. “Acho que o Márcio deve reunir o maior número de partidos pequenos e médios na sua aliança”.

Sobre lançar seu nome como candidato ou de sua esposa, Roseane Farias, Evilásio descartou essa possibilidade. “Acho que devemos oxigenar o partido, novas ideias, novos nomes”.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *