Taboão da Serra

Taboão da Serra promove caminhada pela paz e contra violência às mulheres no próximo dia 25

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra a mulher, marcada para acontecer no dia 25 de novembro, a partir das 10 horas da manhã, com saída da Câmara Municipal, em direção à praça Nicola Vivilechio, no centro do Taboão, marcou a sessão desta terça-feira, 31.

A presidente da Câmara Municipal vereadora Joice Silva lançou a iniciativa que pretende dar um basta contra violência e pediu a participação das igrejas, padres, pastores, empresários, professores, estudantes, lideranças e representantes da sociedade civil organizada. A caminhada foi lançada num vídeo com a participação de vereadores e lideranças.

“Nenhuma mulher merece ser vítima de violência. Ninguém merece sofrer falta de respeito, assédio ou humilhações porque é mulher. Como a primeira mulher presidente da Câmara, também enfrento a falta de respeito por parte de alguns. Talvez olhem para mim e pensem: ela é mulher é jovem, não vai se importar, não vai perceber. Quero dizer que eu vejo, me importo e não aceito. Está na hora disso mudar. Faremos uma grande caminhada no dia 25 de novembro, que é o dia da luta contra a violência à mulher, para pedir paz a todas as mulheres de Taboão, do Brasil e do Mundo. Vamos pedir respeito e igualdade de direitos”, declarou a presidente.

A vereadora Priscila Sampaio se vestiu de vermelho para lembrar o sangue inocente das mulheres brutalmente assassinadas no município. Ela descreveu que a caminhada será um marco na luta contra violência e por respeito igualdade em Taboão.

“Na maioria das vezes quando uma mulher é vítima de violência alguém escuta e se omite. Quando isso acontece a pessoa permite que o filho chore na frente do caixão da mãe. Uma pesquisa do IPEA mostrou que 82% pessoas dizem que em briga de marido e mulher não se mete a colher, pois eu meto o faqueiro inteiro. Acredito que nesse momento sou voz das mulheres aqui dentro da Casa. Se a gente se unir, se os homens se envolverem isso vai mudar. Nós mulheres não temos donos, os homens precisam aceitar isso. Vereadora Joice Silva pode contar comigo dia 25 de novembro marcharemos juntos pela paz”, avisou.

O vereador Marcos Paulo foi um dos primeiros a declarar apoio à iniciativa que pretende trazer paz às mulheres do município, da região e do país. Ele disse que vai caminhar vestido de branco, ao lado da esposa, dos dois filhos pequenos, dos pais irmãos, de todo seu grupo político, além dos membros da igreja.

“Presidente Joice Silva, como pai, esposo, cunhado e cristão quero dizer que eu repudio qualquer tipo de violência contra a mulher e vou dizer isso para cidade abertamente na caminhada proposta por Vossa Excelência a quem eu tive a honra de ajudar a tornar primeira presidente da Câmara Municipal”, sustentou.

Quem também não perdeu tempo e declarou apoio imediato à caminhada foi vereador José Aparecido Alves, o Cido. Ele voltou a se colocar como sendo pré-candidato a prefeito do município e garantiu que o combate à violência doméstica será uma das prioridades de suas propostas.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *